sonhando, escrevendo e imaginando

terça-feira, 25 de setembro de 2012

... mas não sabia aonde era...


Fui lá e não sabia aonde era…
Todas as ruas são iguais naquela cidade,
Naquela terra…

Lembrava-me vagamente.
Sempre em frente…
Eternamente…

Mas não sabia aonde era…
“- De que é que estavas á espera?”
“- Deixa a pequena, toda a gente erra…”

Levei rosas brancas.
“- continua sem jeito, sem graça!”
“- calma… com o tempo passa.”

Sem letras, sem inscrição.
Só a voz do coração.
Dentro das vozes sumidas
Do resto da multidão.

Palavras ralhadas,
Palavras contidas…
Até as saudades escondidas…
Até as almas perdidas…

Não sabia aonde era…

E todo o mundo estava á espera.
Tudo o que foi a minha Primavera…
“- Um dia vais ser a desgraça desta casa”
Não fui nada, não era!

Estive lá! Estive lá!

Mas não vi nenhum anjo, nenhuma quimera…
Nem nenhum colo de Pai protector, quem me dera!!!
Também não descobri em nenhum manual de filosofia
Sequer um pensamento que fosse redentor,
Nem tive prova alguma que negasse o Amor…

Errados os dois!
Estavam errados os dois!
Perdidos de mim…
Nas ruas frias de mármore sem fim…

Tantas cruzes,
Tantas flores,
Tantas urzes,
Tantos amores!…

Tantos anos repletos de dores.

Nunca aprendi a atravessar a estrada sozinha.
Nunca fui plebeia,
Nunca fui rainha…

“- Não te dizia que estragavas a miúda?”
“- Vai ser sempre a minha princesinha.”

Levei rosas brancas.
Mas não sabia aonde era.

Vim de longe sozinha!
Parem de me querer sempre certinha!

“- Vá, vai com ela! Nem sabe andar sem mão…”
“- Não. A minha menina aprendeu a seguir o coração.”

Perdida sem saber como.
A remar contra um turbilhão.



2 comentários:

  1. ... um rumo para o reencontro com a vida... ali, ao virar do coração, na esquina do amor, com a morada do carinho pleno, no sopro dum beijo sem fim...
    Gostei minina bonita!

    ResponderEliminar
  2. E por vezes, é no caminho mais insuspeitado que nos reencontramos com a vida, Henrique...aonde menos procuramos, aonde menos esperamos. Obrigada pelo teu comentário! Beijinho grande para ti, da menina bonita:))

    ResponderEliminar