sonhando, escrevendo e imaginando

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Quem eu quero bem, está sempre junto comigo

Quem é alguém?
O que importa aquilo que nos dizem alguém ser?
Cada qual é o que é quando está connosco,
Ainda que seja mil pessoas diferentes que não conseguimos ver.

Não me compete condenar, nem querer saber.
Um é aquilo que sempre me mostrou ser.

Por baixo do dourado da superfície,
Nenhum de nós é perfeito.
Mas gostamos de acreditar que quem amamos não tem defeito…

De vez em quando sei de alguma coisa menos bonita sobre alguém de quem gosto.
Porque as más notícias voam, não nos chegam com calma.
E há pessoas que sentem prazer em espalhar o veneno que trazem na alma.

Certificado de santidade não faz de alguém melhor do que ninguém.

Importante é o que cada um é para mim.
A forma como me trata,
Como fica na minha vida.

A marca de carinho que deixa no meu coração.

O resto é resto. E o resto é ilusão.

Tomara eu que aqueles a quem amo, não me julguem pelo que sabem de mim.
Que não me desprezem pelo que venham um dia a saber.

Se fulano, ou beltrano, errou,
Se era só mais um humano, cheio de falhas, de defeitos e de omissões, paciência!
Que interessa isso, se era alguém de quem eu gostava e que me gostava também?

O tempo tem adoçado o meu espírito, e limado as minhas arestas.
Tem-me tirado um bocadinho do orgulho estúpido e emproado com que nasci…

Já não olho de alto, nem aponto o dedo.
Nem me arrependo de ter confiado.
Somos todos a mesma gente. Tosco produto inacabado.

Pessoas comuns que vão passando lado a lado.
Cada um, dono de mistérios e de abismos sem fim…
Sorte a minha se mesmo assim, alguém ainda gostar de mim!

Quem eu quero bem, está sempre junto comigo.
Seja lá qual for o inferno que traz consigo.


O meu coração é chão sagrado, com direito a asilo garantido.

4 comentários:

  1. Bom dia

    Tanta desconfiança não faz mal à alma e fere o coração?

    Fique feliz

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde, Ricardo
    Não. Aceitar alguém apesar dos seus defeitos, e das suas imperfeições, não é desconfiança. É só saber que ninguém é perfeito, por muito que amemos uma pessoa.
    Não tem a ver com confiança, ou falta dela. Tem a ver com aceitação.

    ResponderEliminar


  3. O meu coração é chão sagrado, com direito a asilo garantido.

    Eu sei, eu sei... bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo menos temos que poder contar com esse asilo garantido, no coração dos amigos. Pelo menos aí... Beijinho,Henrique! Obrigada pelo comentário! Xi <3 bem apertadinho para ti!

      Eliminar