sonhando, escrevendo e imaginando

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Oração



Que sejamos felizes.
Todos nós felizes.
Que todos se dêem bem.
Todos bem.
Que ninguém chore, ou fique triste.
Ninguém triste.
Que…
Que…
O sono confundia as preces da menina pequenina.
E a menina cresceu.
Cresceu até aonde lhe permitia o seu metro e sessenta.
Mas no escuro de cada dia que finda,
A oração permanece a mesma:
Que sejamos felizes.
Todos nós felizes.
Todos?
São já outros os todos,
Porque os daquela altura já não fazem parte deste mundo.
E os de agora, tal como os de outrora, preferem ser tristes.
Preferem chorar.
Que…
Que…
É sono misturado com a confusão de quem não percebe a mente humana.
Um prado,
Um ribeiro manso,
Céu, sol, calor…
E flores, muitas flores.
Sonhas com o Paraíso…
Não.
Rezo.
Rezo a qualquer Deus que habite o Olimpo.
Que sejamos todos felizes.
Sonhas.
Peço, desejo, sinto.


Sem comentários:

Enviar um comentário