sonhando, escrevendo e imaginando

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Is anybody out there?



Alguém me ouve?
Existe alguém aí desse lado?
Será que sou sozinha,
E esta solidão é só minha,
Ou há mais como eu?...

Outras pessoas sentem como eu sinto?
A incerteza, o medo e o frio na alma,
Atingem outros seres pensantes?...

Às vezes feliz,
Às vezes negra como as trevas.

Com a insuportável mania de sempre acreditar.
Teimosamente à frente de um pelotão,
Assustada como um rato de esgoto.

Prima dona da fantasia.
Fotografia numa manhã fria.

Preto e branco de nevoeiro.
Dourada como a areia da praia.
Colada a cuspo,
Sempre acrescentada.

Será que passa com o tempo?
Será que com o tempo isto passa?

Aonde um chão que seja meu?
Aonde moram os outros que estão de pernas para o ar?
Antípodas num globo arredondado…
Somos um povo estranho disfarçado,
Ou sou um projecto inacabado?
Um esboço a solo, e errado?

Que idioma falam os iguais a mim?
Quais as nações aonde habitam,
Em que selvas se escondem?

Às vezes farejo-os no ar…
Viro-me e olho, e é só o vento a passar.


Sem comentários:

Enviar um comentário