sonhando, escrevendo e imaginando

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Ser feliz primeiro



Ainda não.
Eu quero ser feliz primeiro.

Sem cenas, nem noites mal dormidas.
Nem caras feias.
Detesto caras feias.

Quero que todos os dias sejam de festa.
Que as manhãs sejam aventuras,
E as tardes, verdadeiras descobertas.

A vida é curta demais para perder tempo,
A fazer coisas que não sabem bem.

Quero sair.
Ver a rua.
Ouvir pessoas.
Beber café.
Dourar ao sol.
Sonhar em frente às montras.
Almoçar com amigos.
Conversar até doer a boca de tanto falar.

Descobrir praias,
Cidades, vilas e aldeias,
Espreitar no alto das montanhas.

Quero surpresas e novidades,
Luzes e alegria.
Sol que brilhe o ano inteiro.

Antes que tudo termine,
E a terra caia solta.
E os olhos se fechem num bater derradeiro.

E eu me despeça de madrugada…
E saiba que não há volta
Para o meu coração marinheiro.

Antes de tudo isso,
Eu quero ser feliz primeiro.

A minha mãe, coitadinha dela,
Dizia que não podia morrer porque ainda lhe faltava muito para viver.


Sem comentários:

Enviar um comentário