Hoje não!



Hoje estou cansada.
Cansada de fazer comida que ninguém vai comer.
Cansada de limpar o pó que ninguém quer ver limpo.

Hoje estou cansada.
Cansada de acreditar que existem contos de fada.
Cansada de perseguir ainda sonhos e fantasias
Quando devia ter juízo e sensatez.

Tão cansada!

Amanhã estarei melhor talvez.
Amanhã terei de novo forças para batalhar.

Mas isso é amanhã,
Porque hoje não quero mais nada.
Preciso de ficar encolhida no meu cantinho, a chorar baixinho.
Preciso de escutar o barulho que o tempo faz ao passar.
Tic-tac, tic-tac…

Tudo tão inútil!
Tudo tão vazio.

Não bulam comigo,
Não me apoquentem, nem me chamem.
Não estou para ninguém.
Fugi, desertei por esta vez apenas.


Hoje estou muito cansada.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

"Vamos aquecer o sol"

Não sei valsar devagar

O homem desesperado