Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2018

Homenagem póstuma ao Amor

Imagem
Uma singela flor, em memória a quando eu acreditava no Amor. Um agradecimento a quem me fez sorrir e dançar, e cantar…
Valeu cada momento de felicidade!
Nenhuma lágrima apagou a alegria de uma realidade que só vivia na minha ilusão. Houve um tempo para lá deste tempo, em que supus haver mais do que apenas viver. Nessa altura descobria razões que ninguém via, e imaginava venturas nas invenções que me diziam.
Fui ingénua numa idade em que a ingenuidade dá vontade de rir… Era crédula como uma criança, e como uma delas fácil de encantar.
Hoje trago comigo uma flor, uma singela flor para depositar aos pés do Amor, Em homenagem àquele tempo ido. Como uma carícia em mim mesma e um desculpo tudo, não há que perdoar.
Porém estranho que feridas supostamente fechadas ainda consigam arder... Espanta-me que as cicatrizes  saradas pulsem após toda esta eternidade!...
Não, eu já não presto vassalagem ao Amor! Sei que histórias são folhetins, e novelas não passam de romances de cordel. Mas bastou uma palavra com sa…

Sabendo como sou...

Imagem
Sabendo como sou, era impossível não ser como sou agora. Marília examinou seriamente o rosto impávido do outro lado do espelho. Quantas e quantas vezes não se mirara assim, em tempos idos!... Nessas alturas perguntava-se como seria dali a dez, vinte anos? Sorriria da mesma maneira? O cabelo? Curto? Mais comprido? E o rosto? Encrespado, ou antes pelo contrário um mar de calmarias?
Os anos tinham passado sobre a imagem no vidro. À sua frente estava uma mulher enigmática. Os olhos escuros e a pele trigueira eram sem dúvida os mesmos. Nos lábios não tinha baton, nem pintura na face. Longos cabelos acastanhados adornavam o pescoço bronzeado. Não, não estava muito diferente… No entanto não parecia a sua própria pessoa. Porque não dizia nada? Porque apenas olhava circunspectamente parecendo não se reconhecer?
Quebrara promessas e abandonara-se em muitas esquinas de bairros diferentes. Esquecera juras e recatos, e trocara de valores e de moral. Ofendera deuses e anjos, abrira o seu caminho desbr…